Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

OS SETE PRINCÍPIOS HERMÉTICOS

OS SETE PRINCÍPIOS HERMÉTICOS "Os Princípios da Verdade são Sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a Chave Mágica com a qual todas as Portas do Templo podem ser abertas completamente." - O CAIBALION- Os Sete Princípios em que se baseia toda a Filosofia hermética são os seguintes:       I.         O Princípio de Mentalismo. "O TODO é MENTE; o Universo é Mental." - O CAIBALION     II.         O Princípio de Correspondência. "O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima." - O CAIBALION    III.         O Princípio de Vibração. "Nada está parado; tudo se move;tudo vibra." - O CAIBALION   IV.         O Princípio de Polaridade. "Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto;o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados.&qu

OS DOZE PRECEITOS SUPERMENTALISTAS

OS DOZE PRECEITOS SUPERMENTALISTAS   1.        Inicie o dia agradecendo a Deus por ter recuperado a consciência e a ocasião que se lhe apresenta para prosseguir a obra de sua vida. Volte para o   oriente e faça várias respirações profundas, concentrando na vitalidade que circula em seu corpo e despertando os centros psíquicos. Ainda de Jejum beba um copo d’água. 2.        À noite, antes de deitar, peça as Hostes Cósmicas que aceitem os seus serviços psíquicos durante o sono do corpo e se valham de sua consciência, segundo seu desejo, e se Deus e os Mestres quiserem, que tenha um outro dia na Terra e que se cumpra a Vontade Divina. Durma com pensamentos de amor a todos os seres e com sentimento de paz e harmonia universal, imaginando que seu ser repousa na consciência de Deus. 3.        Não discuta sobre questões religiosas, aceite com bondade todas as religiões sem alardear que sua crença é superior. Se necessário, diga como se beneficiou, mas nunca procure infundir nos outros a id

CODIGO DE MORAL SUPERMENTALISTA

CODIGO DE MORAL SUPERMENTALISTA I.         Creio no Supermentalismo como base de toda a conduta humana; assim sendo, nuca farei aos outros aquilo que não desejaria que me fizessem. II.         Serei honesto, mesmo nos mínimos detalhes,  em todas as minhas atitudes com os outros, não só porque é meu desejo ser justo para com todos, como também porque desejo imprimir no meu subconsciente a ideia de honestidade, e assim fixar no meu carácter essa qualidade essencial. III.         Perdoarei os que forem injustos para comigo, sem olhar se merecem ou não o meu perdão, porque compreendo a lei pro meio da qual o perdão concedido reforma o meu caráter e elimina os efeitos das minhas transgressões, no meu subconsciente. IV.         Serei sempre justo, generoso e sincero para com os outros, mesmo quando souber que meus atos passarão despercebidos e sem qualquer recompensa, de acordo com que se entende por recompensa, porque compreendo e pretendo aplicar a lei por meio da qual o caráter d