Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Catadores de lindezas

De onde viemos..... Simplesmente espetacular!  "Eu venho de lá, onde o bem é maior. De onde a maldade seca, não brota. De onde é sol, mesmo em dia de chuva e a chuva chega como benção.  Lá sempre tem uma asa, um abrigo para proteger do vento e das tempestades. Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato, água de rio logo ali e passarinho em todas as estações. Eu venho de um lugar em que se divide o pão, se divide a dor e se multiplica o amor. Eu venho de um lugar onde quem parte fica para sempre, porque só deixou boas lembranças. Eu venho de um lugar onde criança é anjo, jovem é esperança e os mais velhos são confiança e sabedoria. Eu venho de um lugar onde irmão é laço de amor e amigo é sempre abraço. Onde o lar acolhe para sempre, como o coração de mãe. Eu venho de um lugar que é luz mesmo em noite escura. Que é paz, fé e carinho. Eu venho de lá e não estou sozinho, “SOU CATADOR DE LINDEZAS", sobrevivo de encantamento, me alimento do que é bom, do bem. Procuro bo

Comecemos por nós mesmos

Ensina a caridade, dando aos outros algo de ti mesmo, em forma de trabalho e carinho e aqueles que te seguem os passos virão ao teu encontro oferecendo ao bem quanto possuem. Difunde a humildade, buscando a Vontade Divina com esquecimento de teus caprichos humanos e os companheiros de ideal, fortalecidos por teu exemplo, olvidarão a si mesmos, calando as manifestações de vaidade e de orgulho. Propaga a fé, suportando os revezes de teu próprio caminho, com valor moral e fortaleza infatigável e quem te observar crescerá em otimismo e confiança. Semeia a paciência, tolerando construtivamente os que se fazem instrumentos de tua dor no mundo, auxiliando sem desânimo e aparando sem reclamar, e os irmãos que te buscam mobilizarão os impulsos de revolta que os fustigam, na luta de cada dia, transformando-a em serena compreensão. Planta a bondade, cultivando com todos a tolerância e a gentileza e os teus associados de ideal encontrarão contigo a necessária inspiração para o esforço

Sussurros do Universo

Vives em constante busca, procuras por respostas a suas perguntas, mas será que tu estás  preparado para ouvir, será que sabes ler nas entrelinhas ? Será que estás atento o bastante para ouvires os sussurros silenciosos que te aconselham e te advertem constantemente , os apelos e conselhos que lhe são enviados frequentemente ? Os avisos de que estás trilhando o caminho errado, que suas atitudes e decisões podem te prejudicar. Esperas que os céus se abram e que os Santos e Anjos desçam a Terra para de auxiliar, mas esqueces que a natureza não dá saltos, que as leis que regem os céus e a Terra obrigam que  tua vida seja o fruto de tuas atitudes.  Tu deves  ficar atento para ouvir os conselhos superiores. Se não tem encontrado soluções para tuas questões, provavelmente estás procurando as respostas no lugar errado. O Universo conspira a teu favor, muitos querem o teu progresso e o teu sucesso.  Seus conselheiros e amigos estão constantemente tentando te ajuda

O Renascer da Fênix

Estou no canto, em pranto, Desiludido… Vivendo Um momento triste Que de minha alma aflora, Chora. O vento bate forte como se eu Estivesse com meu barco Balançando nas ondas agitadas De um mar bravio. Em terra, que não é mais firme, O vento chegou, derrubando As flores do meu jardim. E a ave que habita em mim, Não tem força para alçar Seu belo voo. Mas, preciso me levantar. Sou peregrino da vida, nobre Cavaleiro, tenho que acreditar. Ter fé que este vendaval que se abateu Sobre minha vida vai passar, Florescendo as flores do meu jardim, Vindo à tona, todo o amor latente em mim. Então, a grande ave soberana Que habita em meu ser poderá Mostrar seu belo voo de liberdade pelo ar, Num lindo céu azul Tal qual a Águia Fênix, ressurgindo, Renascendo para a vida, Na chama verde da esperança. Elias Akhenaton Beijaflor Cigano https://beijaflorcigano.wordpress.com/2017/04/23/o-renascer-da-fenix/ Veja também  :   Você  Pode Voar?

Para que serve a Numerologia

A Numerologia tem como único objetivo o autoconhecimento. Ela não serve para mudar as coisas, não serve para mudarmos os nomes, escolhermos um apartamento, não serve para atender nossos interesses pessoais e materiais. A Numerologia é a linguagem do Universo, a linguagem da Alma e do inconsciente. Podemos ouvir o Universo mas não podemos alterar seus desígnios. A única coisa que podemos modificar é a nós mesmos. Mas curiosamente quando nos transformamos o mundo e o Universo ao nosso redor se modificam. Um mapa numerologico mostra nossas forças, fraquezas, lições não aprendidas, nossos erros e acertos, nossos desejos mais profundos e nossos medos, e fundamentalmente, toda a estrutura do Plano de nossa vida. Os desafios estão lá, latentes na alma. Eles representam fraquezas a serem enfrentadas, como se fossem sujeira depositada no fundo de um lago. Se aguem cutuca-las elas vem a tona. O problema  é que neste ciclo onde elas estão, a vida vai cutucar você o tempo tod

No Grande Caminho

Não digas que os outros são maus, quando todos os seres são bons, para serem um dia perfeitamente bons. Se já consegues doar algo de ti, procurando entesourar a bondade, não acuses aquele que acumula os bens da vida, crendo assim enriquecer-se, para unicamente entregar mais tarde, por mãos alheias, as vantagens que ajuntou. A Rigor, não existem espíritos absolutamente maus. A vida nada cria para desequilíbrio ou delinquência. A fonte é boa porque distribui generosamente os dons que lhe são próprios, entretanto, o solo não é mau porque prende a fonte a si mesmo. A andorinha é um poema de beleza voando na altura. todavia o batráquio não pode ser interpretado como monstro porque esteja colado ao charco. Não existe pomicultor capaz de condenar uma planta recém-nata, na fraqueza em que se caracteriza, simplesmente porque a veja assim débil, ao lado da árvore vigorosa em plena maturação. Protegerá uma e outra, considerando-lhes tempo e valor. Assinala-se cada

Você pode Voar?

Observe que maravilha é um pássaro plainando sobre o céu azul. Ele aprendeu a se sustentar nas correntes contrárias e utiliza-las como suporte para permanecer acima do terreno  árido e das ameaças dos predadores. Ele pode descer e alimentar-se, pode mergulhar nas águas,  pegar o seu peixe e retornar ao seu estado majestoso. Nem mesmo os ventos fortes o desestabilizam porque ele sabe fazer movimentos para contorna-los e assim superar as tempestades e retornar ao seu equilibro. Podemos aprender muito observando as asas dos pássaros. Elas são feitas de muitas retas e curvas. As retas oferecem firmeza e sustentação e mantém a estabilidade, as curvas lhe dão flexibilidade. As asas tem duas partes, o lado esquerdo e o lado direito. Isso permite que ele tenha perfeito equilíbrio diante das correntes opostas, pois ora um lado atua mais, ora o outro, mas ambos são importantes e trabalham em perfeita harmonia. Vendo um pássaro voando assim parece que ele está apoiado em algo sólido,

Perecer, germinar e florir

Se for para se enterrar que seja para virar semente e renascer. Então, na primavera se tornar flor a colorir o mundo e, no outono, se transmutar em doce fruto a alimentar a humanidade”. yoskhaz Lindo pensamento, que nos faz refletir sobre o verdadeiro sentido da Páscoa. Morrer, renascer, transformar e aprender. Crescer a cada morte e a cada renascimento. Sem esta transformacao profunda e súbita que é simbolicamente representada na idéia da morte, nossos avancos e conquistas são lentos. Os erros e as memorias do passado nos aprisionam e sempre reclamam seu lugar trazendo uma certa inseguranca. Somente a idéia radical de um novo começo rompendo com habitos e sentimentos enraigados, pode nos dar de fato uma nova chance. Pode ser uma experiencia amarga, mas a alegria e o frescor da juventude do novo ser que nasce será um impulso revigorante para a alma. Podemos esperar que as diversas mortes venham a nos surpreender ou podemos ir ao encontro dela e nos reinventar totalmente

Quem Eu Sou ?

Calma!  Se você já tem a resposta é porque não entendeu direito a pergunta.  Afinal esta é a pergunta mais difícil de responder do Universo,  e talvez nem haja uma resposta. Perguntei a um Operário e ele me disse que era um eficiente trabalhador, honesto e cumpridor de suas obrigações, que no que ele faz eu podia confiar. Ele sabe colocar pedra sobre pedra e construir grandes obras. Mas que não duvidasse da capacidade e honestidade dele, porque sua reação seria severa. Perguntei a uma Jovem e ela me disse que era bela e sensível, que podia sentir o frescor e o perfume das flores, se encantar com o barulho dos pássaros e dos riachos. Que se apaixona facilmente e se deixa encantar pela vida, mas que espera sempre que as pessoas reconheçam a sensibilidade que coloca na vida. Ela sente cada coisa e percebe tudo através deste sentimento, mas se aborrece facilmente quando não é correspondida. Perguntei a um Cientista e ele me disse que era sábio, que conhecia todas as leis da natu

Sou uma ilusão de minhas memorias?

Já passou pela sua mente que talvez a gente não exista de fato da forma como nos imaginamos?  Que a maior parte do que somos é o fruto de nossas memorias? A vida só existe porque de alguma forma a natureza encontrou um jeito de armazenar seus aprendizados e experiencias no relacionamento com o meio e assim reproduzir-se e passar adiante estas novas condições adquiridas. Esta é a característica fundamental que diferencia um ser vivo de uma matéria inanimada. Desde as mais simples células até os mais complexos sistemas vivos, todos existem porque tem memoria. E quanto maior a capacidade de armazenamento maior a complexidade.  O Fato de armazenar uma experiencia permite que ela seja repetida e consequentemente melhorada gerando o que chamamos de aprendizado e evolução. Agora olhemos do ponto de vista de nossa Psique. O que somos afinal senão estas memorias? Imagine se não tivéssemos esta capacidade de armazenar as experiencias e sensações que elas representam, como seria nossa

Tensão e Relaxamento

A MÃO QUE TENSIONA A CORDA Quando puxamos fortemente a corda de um arco, criamos uma força que cresce a medida que o arco se enverga, gerando uma tremenda tensão que pode tanto partir o arco como será capaz de arremessar a flecha a uma velocidade espantosa. Após finalmente soltarmos a flecha, esta recebe toda tensão gerada no arco que se converte em velocidade e força em direção ao seu alvo. Ao mesmo tempo, surge um repentino relaxamento da mão e da corda, como um alivio para a tensão anteriormente gerada. Isso nos ensina que após uma grande tensão vem o relaxamento. De posse deste conhecimento podemos evitar maiores problemas. Por exemplo, quando a dor vem, não devemos tencionar ou resistir, pois isso só aumenta o sofrimento. O melhor a fazer e deixar a dor se estabelecer ate atingir seu ápice, quando então começa a declinar.  Se conseguirmos suporta-la, chegará o momento do alivio e solução da tensão extinguindo a causa. Quando resistimos, pioramos seus efeitos e nos contr