Pular para o conteúdo principal

A grande arvore viva


Dizem os sábios que a vida é muito mais ampla do que somos capazes de perceber, e que o mundo material é um reflexo do mundo espiritual, e que ambos completam adualidade essência- expressao.

Se somos de fato espirito e essência, sem forma nem limites, ao mergulhar na experiencia da forma e da emoção é natural que nos deixemos encantar, nos entorpecer e embriagar.

Como esperar que um jovem índio não se apaixone por um cavalo selvagem desejando doma-lo e possui-lo?

Como esperar que uma jovem donzela não se apaixone por um rapaz belo corajoso e viril?

Como esperar que o empreendedor não se apaixone pelas oportunidades de negócios desafiadores?

Como esperar que o artista não se encante frente a uma imagem inspiradora?

Como esperar que a mãe não se apaixone pela doce e frágil crianca que a vida lhe entrega em seus braços…

Somos assim, mergulhados na experiencia, mas buscando encontrar algo que nos eleve acima dela.

Em cada tempo algo nos encanta e nos aprisiona.

Já fui prisioneiro das brincadeiras, das donzelas, das conquistas juvenis..

já fui prisioneiro do dever, dos negócios, da tecnologia,

Já fui prisioneiro dos estudos, dos debates calorosos, das palestras,

Já fui prisioneiro dos relacionamentos e dos amores...

Pensas que agora  já sou livre?

Ainda não,

Pois agora sou prisioneiro desta sede de liberdade...

Caçador de Mim
Milton Nascimento

Por tanto amor
por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz Manso ou feroz
Eu, caçador de mim...

Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim...

Nada a temer Senão o correr da luta
Nada a fazer Senão esquecer o mêdo...
Abrir o peito À força numa procura
Fugir às armadilhas Da mata escura...

Longe se vai Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir O que me faz sentir
Eu, caçador de mim...

Abrir o peito À força numa procura
Fugir às armadilhas Da mata escura...
Longe se vai Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir O que me faz sentir
Eu, caçador de mim...

Afinal, quem sou?

Sou esta flor formosa e cheirosa, espalhando seu perfume?

Quem sabe sou estas folhas macias e verdes enchendo de beleza a grande arvore?

Ou sou estes frutos que amadurecem e dao sementes que se espalham trazendo vida e fertilidade?

Quem sabe sou os galhos que se multiplicam na diversidade gerando vida, beleza, flores e frutos nas extremidades?

Sou tronco, sou raiz?
Sou firmeza e estabilidade?

Sou a Seiva que circula por todas as partes, irrigando e nutrindo, produzindo beleza, firmeza e fertilidade?

Sou então a grande arvore, com toda sua firmeza, beleza e grandiosidade?

Mas o que importa mesmo é que ela me nutri com sua seiva e me permite participar de sua grandiosa vida, seja como folha, como galho, como flor ou fruto.

Se você gostou deste texto, fique a vontade para compartilhar, comentar  e recomendar nosso Blog. 

Visite também  www.leveconsciencia.com.br



Receba nossas Postagens direto no seu e-mail


 Clique aqui para visitar meu Blog

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A vida é uma dança

Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa… nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma: tudo que chega é bom, tudo que parte também.  É a dança da vida… dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças… elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas… Viemos para realizar o Divino em nós. Toda inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos

A tríade Pensar, Sentir e Agir

Estes três vértices formam o triangulo magico da Criação, que envolve sempre Ideia, sentimento e ação. Existe uma estreita correlação entre eles , de tal forma que quando um deles é  acionado desencadeia reação nos demais. O pensamento gera sentimento, que provoca ação, a ação provoca sentimento e reflexão , o sentiment o dependente da criação mental e da iniciativa. Qual o motor que costumamos usar em nossas vidas? Ação desenfreada e irrefletida, rompantes destruidores sem a analise cautelosa da razão? Turbilhões de imagens mentais que incendeiam as emoções ? Sentimentos nebulosos de magoa ou paixões desenfreadas , confund indo a  a razão   e a  visão  da realidade? Os sábios antigos comparavam o homem com uma carruagem. O Cocheiro representa a mente, Os Cavalos Representam o coração e as emoções, A Charrete com sua mecânica, representa o Corpo Físico. Quem está no comando desta carruagem? A carruagem move-se desgovernada seguindo ladeira abaixo, carr

O Ritmo do Trabalho

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que se interessam por esta leitura e dizer que tudo que falarei aqui é de minha inteira responsabilidade. São minhas crenças pessoais, fruto de meus estudos e reflexões, mas que não devem ser levadas como verdades absolutas, porque nem mesmo eu as tenho desta forma. Eu vos convido a refletir comigo, se permitindo o direito de observar pelo menos por alguns momentos, certas questões que serão apresentadas,  por uma visão diferente e talvez contraditória a sua própria visão. Durante todo este mês estaremos debatendo este tema e gostaríamos de convida-lo a deixar seus comentários e reflexões no final do texto clicando em novo comentário e acompanhar as respostas e sugestões dos demais. Não estranhem o fato de que teremos mais perguntas do que respostas, mais reflexões do que formulações prontas, pois as perguntas parecem contribuir mais para o aprendizado do que as afirmações. Quem de nós pode de fato afirmar alguma coisa,