Pular para o conteúdo principal

ESQUERDA & DIREITA = UM

Meu amigo Jiddu Saldanha propôs um jogo no fb onde pedia para explicarmos a uma adolescente, chamada BRISA, o que é Esquerda e Direita na política, sem falar mal dos políticos. Aceitei.



"BRISA,

Esquerda e Direita sao como os hemisférios do nosso cérebro, brigando destroem a gente o mundo o país tudo. Esquerda e Direita sao ilusões do medo da ganância da incompreensão. Estão se diluindo na briga aparente do Bem - esquerda ou direita - contra o Mal - direita ou esquerda -, por pura falta de capacidade de comunicação e inteligência, ja que nos colocamos a mercê de emoções destrutivas, brigamos e nos desarticulamos, ao invés de construir o mundo na vida que vivemos.

Veja, BRISA, que a ambição material não é algo intrinsecamente ruim. Vivemos nesse mundo, não somos soprinhos divinos desincorporados. A ambição constrói. Vamos só levar em consideração que também não somos sólidos eternos. Mudanças recheadas de imaterialidades estão em nós e ao nosso redor. Isso assusta!

Ser ESQUERDA ou DIREITA pode ser a forma do nosso barquinho encarar o mar imenso. Quem vai nos guiar, qual sera o nosso leme e motor? O medo? O amor?
Questões praticas devem ser encaradas sem fortes emoções (sim, essas que nos empurram sentidos e goelas a dentro). As emoções nos inspiram como os ventos, sopram as velas do nosso coração, integrando-nos ao próprio mar, que as absorve e diz: "sou silêncio, sou paz".

As mãos no leme são razão e emoção de dentro pra fora - que nos conduzem a terra do cérebro inteiro.

A direita está falida na ganancia e egoismo. A esquerda esta falida na prepotencia e amadorismo.

Precisamos juntar os talentos em prol do bem comum, da generosidade em compartilhar e cuidar das riquezas que "Deus" nos deu nessa terra multitrilhardária, nosso Brasil, que por enquanto alguns poucos "fortes" sugam e destroem, enquanto chutam os "mais fracos". E os "mais fracos" querendo ser "fortes", agem de duas formas diferentes: uns se juntam aos seus algozes, outros lutam.

BRISA, pra mim a solucao esta no meio: integridade pessoal, diálogo e união.



:: REFLEXÃO SOBRE AS PALAVRAS ::

Quem sabe usar as palavras o sabe, talvez, não pelo poder de usar o pensamento e a reflexão histórica. Quem sabe usar as palavras teria essa obrigação, viu? Quem sabe usar as palavras deveria apresentar "porte de palavras", só que não. As palavras são tacadas ao vento como balas perdidas. Sem sentido, sem verdade, sem noção.

Um dia vai chegar, como as flores brilharam na face da terra, um dia em que as palavras so aceitarão sair da mais pura e real reflexão pessoal acerca da história lida ouvida vivida sentida. Sem manipuladores, sem manipulados. O respeito a percepção que o outro tem nos coloca em um patamar de educadores. Sim! Somos todos educadores. Que as minhas palavras sejam sábias, gentis, verdadeiras, corajosas, compassivas, respeitosas, construtoras de mim, colaboradoras do nós. VIVA O AMOR! VIVA A DEMOCRACIA! 

Comentários

  1. Brisa, está feliz e comentou muito comigo este texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Jiddu,
      Gratissima pela inspiraçao, ontem, hoje e sempre!

      Excluir
  2. Simplesmente maravilhoso.. fico quase sem palavras.
    Um grande abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Joao, vc é um dos que nao podem ficam sem palavras!!! Abs agradecido pela mentoria, persistencia, flexibilidade, firmeza e sensibilidade! Enfim, grata por usar os dois lados do cerebro! Abs fraterno

      Excluir

Postar um comentário

Gostou do texto?
Comente e compartilhe

Postagens mais visitadas deste blog

A vida é uma dança

Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa… nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma: tudo que chega é bom, tudo que parte também.  É a dança da vida… dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças… elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas… Viemos para realizar o Divino em nós. Toda inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos

A tríade Pensar, Sentir e Agir

Estes três vértices formam o triangulo magico da Criação, que envolve sempre Ideia, sentimento e ação. Existe uma estreita correlação entre eles , de tal forma que quando um deles é  acionado desencadeia reação nos demais. O pensamento gera sentimento, que provoca ação, a ação provoca sentimento e reflexão , o sentiment o dependente da criação mental e da iniciativa. Qual o motor que costumamos usar em nossas vidas? Ação desenfreada e irrefletida, rompantes destruidores sem a analise cautelosa da razão? Turbilhões de imagens mentais que incendeiam as emoções ? Sentimentos nebulosos de magoa ou paixões desenfreadas , confund indo a  a razão   e a  visão  da realidade? Os sábios antigos comparavam o homem com uma carruagem. O Cocheiro representa a mente, Os Cavalos Representam o coração e as emoções, A Charrete com sua mecânica, representa o Corpo Físico. Quem está no comando desta carruagem? A carruagem move-se desgovernada seguindo ladeira abaixo, carr

O Ritmo do Trabalho

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que se interessam por esta leitura e dizer que tudo que falarei aqui é de minha inteira responsabilidade. São minhas crenças pessoais, fruto de meus estudos e reflexões, mas que não devem ser levadas como verdades absolutas, porque nem mesmo eu as tenho desta forma. Eu vos convido a refletir comigo, se permitindo o direito de observar pelo menos por alguns momentos, certas questões que serão apresentadas,  por uma visão diferente e talvez contraditória a sua própria visão. Durante todo este mês estaremos debatendo este tema e gostaríamos de convida-lo a deixar seus comentários e reflexões no final do texto clicando em novo comentário e acompanhar as respostas e sugestões dos demais. Não estranhem o fato de que teremos mais perguntas do que respostas, mais reflexões do que formulações prontas, pois as perguntas parecem contribuir mais para o aprendizado do que as afirmações. Quem de nós pode de fato afirmar alguma coisa,