Pular para o conteúdo principal

Passagem de Bastao



O final de ano esta chegando e nesta época é sempre bom fazer um balanço de nossas vidas e fazer planos para o próximo ano, não é mesmo?

Então, proponho um exercício um pouco diferente.

Imagine que vida é como uma corrida de revezamento, um curto Período de tempo (não importa quanto), seguido por uma breve reflexão, um descanso e uma retomada da caminhada. Você recebe o bastão com uma marca alcançada pelo corredor anterior e tem que fazer o possível para melhorar esta marca e entregar o bastão ao próximo corredor que lhe sucederá.

O Bastão simboliza aqui todo conteúdo da vida, as experiencias, os aprendizados, as conquistas, os débitos e créditos, os talentos  e tantas outras coisas que vivenciamos.

Este raciocino serve tanto para aqueles que acreditam que a vida é uma sequencia de existências pela eternidade, como também pode ser usado por aqueles que não estão muito preocupados com isso, mas entendem que cada dia é uma nova vida, a cada dia nos transformamos em uma nova pessoa que recebe da pessoa que viveu ontem as experiencias, aprendizados e conquistas e tem hoje a oportunidade de fazer algo melhor com esta bagagem recebida.

Se pensarmos que tudo o que fizemos está armazenado na nossa memoria e que o que somos hoje depende unicamente de nossas decisões e como usaremos estas experiencias, podemos dizer que a vida acontece em poucos segundos, que é o tempo que estamos realizando algo. Depois estas experiencias serão armazenadas na memoria e serão parte do nosso passado.

Imaginem que está chegando a hora de sua Personalidade concluir esta Jornada e que deverá se encerrar em 31/12.

Outra Personalidade deverá seguir em frente, após um breve descanso. Você entregará a esta nova Personalidade tudo que conseguiu aprender nesta vida, como se fosse um bastão carregado de suas próprias experiências e também daqueles que lhe passaram o bastão.

Então faça a seguinte reflexão consigo mesmo :

O que eu recebi da última Personalidade, e foi muito importante para mim nesta minha jornada? Que forças ou fraquezas, bagagens, talentos, desafios, poder e sabedoria?

Em seguida, pense no que você conseguiu realizar com estas forças.

O que eu vou deixar para a próxima Personalidade ? Quais foram as minhas grandes contribuições desta vida. ? O que aprendi, o que realizei, que de fato ficou impregnado...

E quanto as Reservas e conquistas:

O que eu resgatei e quitei e o que vou deixar para ser pago pela próxima Personalidade.. ?

Que bagagens estou entregando, com que forças estou impregnando este bastão?

Não precisa compartilhar suas reflexões com ninguém, mas aproveite para melhorar suas marcas na próxima Volta da vida.

Conheça do Curso Inicial de Educação Pessoal



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A vida é uma dança

Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa… nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma: tudo que chega é bom, tudo que parte também.  É a dança da vida… dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças… elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas… Viemos para realizar o Divino em nós. Toda inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos

A tríade Pensar, Sentir e Agir

Estes três vértices formam o triangulo magico da Criação, que envolve sempre Ideia, sentimento e ação. Existe uma estreita correlação entre eles , de tal forma que quando um deles é  acionado desencadeia reação nos demais. O pensamento gera sentimento, que provoca ação, a ação provoca sentimento e reflexão , o sentiment o dependente da criação mental e da iniciativa. Qual o motor que costumamos usar em nossas vidas? Ação desenfreada e irrefletida, rompantes destruidores sem a analise cautelosa da razão? Turbilhões de imagens mentais que incendeiam as emoções ? Sentimentos nebulosos de magoa ou paixões desenfreadas , confund indo a  a razão   e a  visão  da realidade? Os sábios antigos comparavam o homem com uma carruagem. O Cocheiro representa a mente, Os Cavalos Representam o coração e as emoções, A Charrete com sua mecânica, representa o Corpo Físico. Quem está no comando desta carruagem? A carruagem move-se desgovernada seguindo ladeira abaixo, carr

O Ritmo do Trabalho

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que se interessam por esta leitura e dizer que tudo que falarei aqui é de minha inteira responsabilidade. São minhas crenças pessoais, fruto de meus estudos e reflexões, mas que não devem ser levadas como verdades absolutas, porque nem mesmo eu as tenho desta forma. Eu vos convido a refletir comigo, se permitindo o direito de observar pelo menos por alguns momentos, certas questões que serão apresentadas,  por uma visão diferente e talvez contraditória a sua própria visão. Durante todo este mês estaremos debatendo este tema e gostaríamos de convida-lo a deixar seus comentários e reflexões no final do texto clicando em novo comentário e acompanhar as respostas e sugestões dos demais. Não estranhem o fato de que teremos mais perguntas do que respostas, mais reflexões do que formulações prontas, pois as perguntas parecem contribuir mais para o aprendizado do que as afirmações. Quem de nós pode de fato afirmar alguma coisa,