Pular para o conteúdo principal

Somos do tamanho de nossas Crenças?

Colocamos toda nossa energia naquilo que acreditamos, e fazemos de má vontade aquilo que não acreditamos.

Algumas crenças  sao limitantes e prejudicam nossa caminhada rumo aos nossos objetivos, enquanto que outras sao estimulantes e facilitam e abrem portas incentivando nossas ações positivas.


Independentemente de ajudar ou dificultar, sob a ótica universal, toda  crença pode ser vista como um fator limitante.

Para o homem comum estes limites são como as margens de um rio, que ajudam a manter o foco e a direção na vida.


Mas aquele que busca a liberdade já não se contenta mais com estes artifícios do inconsciente e deseja mergulhar no Oceano infinito do saber.


Muito mais do que limitar nossas ações, nossas crenças limitam e demarcam o nosso universo pessoal e a nossa capacidade de enxergar as coisas.

Até onde vai esta limitação ?


Até onde podemos afirmar que aquilo que acreditamos é real ou fruto apenas de nossa miopia ?


De acordo com estudos  da física quântica o observador modifica a coisa observada, segundo suas expectativas e crenças.


Sendo assim, será que não moldamos um universo só nosso para confirmar nossa crença e nos mantermos seguros ?


Poderíamos dizer  então que somos as nossas crenças ?


Através de nossas crenças limitamos a realidade infinita e formamos  nossa individualidade  e  identidade, como se  desenhássemos um circulo em torno de nós, definindo nossos comportamentos dentro e fora deste circulo.

Para aumentar nossa segurança e fortalecer a espessura destas linhas delimitadoras, buscamos adesão a nossa crença em outros indivíduos, para ter  a sensação de que temos a verdade.

Ajudamos assim a construir o inconsciente coletivo com indivíduos que se aliam aderindo e alimentando crenças comuns.

Vivemos todos em um mundo delimitado por pálidas sombras da verdade infinita.  

A medida que a luz de novas percepções vai clareando  estas sombras  mudamos nosso comportamento, expandindo nossa visão.


Conhecerás a Verdade e a verdade voz libertará.


Seja pela experiência, seja pela reflexão, seja mergulhando no oceano do inconsciente, fazemos escolhas, quebramos velhos paradigmas e ampliamos nossa visão.

Buscamos a verdade absoluta, mas parece que ela esta fora do alcance do individuo comum, pois este não quer abrir mão do circulo limitador das crenças.


Eliphas Levy em seu livro, A chave dos grandes Mistérios   , nos diz ao seu modo  "Aquele que crê não sabe, pois quem sabe não precisa crer "


Mesmo o Sábio ainda não alcançou a verdade absoluta, embora sua visão seja mais clara e luminosa.   

Segundo a  física quântica, no universo  todas as possibilidades ocorrem em simultâneo, mas diante do observador e sua consciência sempre catalisam apenas uma destas possibilidades. 


O tempo e o espaço existiriam simultaneamente em todas as suas possibilidades, fora do alcance  da consciência humana.


Mas aos elétrons é permitido orbitar simultaneamente infinitas posições zombando do tempo e do espaço, mas o homem está condenado a fazer escolhas porque vive na dimensão da linearidade.

Como no quadro em que Moisés tem diante de si duas taças  e tem que fazer uma escolha.
Uma contem vinho branco e outra veneno.   Mas Moises podia enxergar além das aparências e fazer uma boa escolha.


Para o homem, sempre  haverão escolhas.   Toda escolha implica uma renuncia.
Diferentes caminhos em um gigantesco labirinto onde existe uma só saída mas muitas formas de chegar la.


Algumas mais curtas e mais fáceis e outras mais longas e penosas.  Caberá  a cada homem aprender a encontrar uma luz  para lhe ajudar nestas escolhas.
No jogo da vida Sempre existem os "universitários", mas precisamos aprender  a decifrar  suas mensagens e entender sua linguagem.


A caminhada se torna mais fácil para quem  aprende a buscar ajuda superior.

Para isso precisa  desenvolver  sua harmonia interna e aceitar as regras da harmonia universal.

Dos Mestres no chegam um conselho sábio.


"Agindo em estreita colaboração com os auxiliares invisíveis, fazendo sua parte, e trabalhando de forma persistente para vencer as dificuldades,  poderá aos poucos vencer suas próprias limitações e expandir suas possibilidades removendo um a um  os obstáculos que colocastes em suas vistas pelas falsas crenças que alimentastes.


Chegará um dia em que restará apenas um pequeno véu, que poderá ser então  removido pelo teu Mestre."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A vida é uma dança

Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa… nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma: tudo que chega é bom, tudo que parte também.  É a dança da vida… dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças… elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas… Viemos para realizar o Divino em nós. Toda inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos

A tríade Pensar, Sentir e Agir

Estes três vértices formam o triangulo magico da Criação, que envolve sempre Ideia, sentimento e ação. Existe uma estreita correlação entre eles , de tal forma que quando um deles é  acionado desencadeia reação nos demais. O pensamento gera sentimento, que provoca ação, a ação provoca sentimento e reflexão , o sentiment o dependente da criação mental e da iniciativa. Qual o motor que costumamos usar em nossas vidas? Ação desenfreada e irrefletida, rompantes destruidores sem a analise cautelosa da razão? Turbilhões de imagens mentais que incendeiam as emoções ? Sentimentos nebulosos de magoa ou paixões desenfreadas , confund indo a  a razão   e a  visão  da realidade? Os sábios antigos comparavam o homem com uma carruagem. O Cocheiro representa a mente, Os Cavalos Representam o coração e as emoções, A Charrete com sua mecânica, representa o Corpo Físico. Quem está no comando desta carruagem? A carruagem move-se desgovernada seguindo ladeira abaixo, carr

O Ritmo do Trabalho

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que se interessam por esta leitura e dizer que tudo que falarei aqui é de minha inteira responsabilidade. São minhas crenças pessoais, fruto de meus estudos e reflexões, mas que não devem ser levadas como verdades absolutas, porque nem mesmo eu as tenho desta forma. Eu vos convido a refletir comigo, se permitindo o direito de observar pelo menos por alguns momentos, certas questões que serão apresentadas,  por uma visão diferente e talvez contraditória a sua própria visão. Durante todo este mês estaremos debatendo este tema e gostaríamos de convida-lo a deixar seus comentários e reflexões no final do texto clicando em novo comentário e acompanhar as respostas e sugestões dos demais. Não estranhem o fato de que teremos mais perguntas do que respostas, mais reflexões do que formulações prontas, pois as perguntas parecem contribuir mais para o aprendizado do que as afirmações. Quem de nós pode de fato afirmar alguma coisa,