Pular para o conteúdo principal

O fruto da vida


Acreditamos que Deus é todo poder, todo amor, toda verdade, toda justiça e toda harmonia, não é mesmo.

Queremos manifestar sua grandiosidade em nós e encontrar o lugar secreto do altíssimo.

Muitos acreditam que isso possa acontecer como um passe de mágica pela influência de um ser de luz.

Mesmo que isso pudesse acontecer será que estaríamos preparados para reconhecer a graça desta iluminação ?

Como podemos abrigar sentimentos do mais puro amor quando estamos ainda lutando pela nossa própria sobrevivência e competindo com os demais a qualquer preço?

Como podemos abrigar a presença da Justiça em nós se nossa concepção de justiça está focada em nossos direitos e distanciada de nossos deveres?

Como podemos conceber e reconhecer a verdade se buscamos sempre uma forma de ludibria-la com falsidades e improvisos ? A verdade é firme e precisa como a espada que sustenta a justiça.

Como podemos reconhecer a harmonia se quebramos as leis que sustentam o cosmo e as relações humanas apenas para satisfazer nossas necessidades e interesses pessoais.

Para encontrar a verdade precisamos de coragem para trilhar um caminho estreito e espinhoso.

E só doí assim porque o rejeitamos e tememos e lutamos contra aquilo que quer nos ensinar algo de bom.

Mas quando nos tornamos adeptos da justiça e do amor percebemos que o natural mesmo e esta estreiteza do fio da navalha que une os opostos quase em abraço eterno.

A razão de tudo isso é o nosso egoísmo,
Nosso apego a nós mesmos e as nossas necessidades.

Isso é muito compreensível, até que se tenha tenha o entendimento de que somos uma grande colmeia e que a vida da colmeia é mais sábia e grandiosa que da pequenina abelha.

E falando de abelha, estava observando uma pequena abelha em uma flor quando me dei conta da beleza da flor e passei a admira-la. Então vi que ela se sustentava em um pequeno e fino pendão e descendo observei o galho. Então percebi que ele se derivava de um outro ganho mais forte que vinha do tronco. Desci até o tronco e me admirei de sua firmeza e robustez e vi as poderosas raízes que o sustentam...

No chão estavam o frutos caídos da árvore demonstrando que toda as firmeza se multiplica através da beleza e suavidade da flor, produzindo o fruto da vida que se perpetua...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A vida é uma dança

Quando uma porta se fecha, outra se abre; quando um caminho termina, outro começa… nada é estático no Universo, tudo se move sem parar e tudo se transforma sempre para melhor. Habitue-se a pensar desta forma: tudo que chega é bom, tudo que parte também.  É a dança da vida… dance-a da forma como ela se apresentar, sem apego ou resistência. Não se apavore com as doenças… elas são despertadores, têm a missão de nos acordar. De outra forma permaneceríamos distraídos com as seduções do mundo material, esquecidos do que viemos fazer neste planeta. O universo nos mandou aqui para coisas mais importantes do que comer, dormir, pagar contas… Viemos para realizar o Divino em nós. Toda inércia é um desserviço à obra divina. Há um mundo a ser transformado, seu papel é contribuir para deixá-lo melhor do que você o encontrou. Recursos para isso você tem, só falta a vontade de servir a Deus servindo aos homens. Não diga que as pessoas são difíceis e que convivência entre seres humanos

A tríade Pensar, Sentir e Agir

Estes três vértices formam o triangulo magico da Criação, que envolve sempre Ideia, sentimento e ação. Existe uma estreita correlação entre eles , de tal forma que quando um deles é  acionado desencadeia reação nos demais. O pensamento gera sentimento, que provoca ação, a ação provoca sentimento e reflexão , o sentiment o dependente da criação mental e da iniciativa. Qual o motor que costumamos usar em nossas vidas? Ação desenfreada e irrefletida, rompantes destruidores sem a analise cautelosa da razão? Turbilhões de imagens mentais que incendeiam as emoções ? Sentimentos nebulosos de magoa ou paixões desenfreadas , confund indo a  a razão   e a  visão  da realidade? Os sábios antigos comparavam o homem com uma carruagem. O Cocheiro representa a mente, Os Cavalos Representam o coração e as emoções, A Charrete com sua mecânica, representa o Corpo Físico. Quem está no comando desta carruagem? A carruagem move-se desgovernada seguindo ladeira abaixo, carr

O Ritmo do Trabalho

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que se interessam por esta leitura e dizer que tudo que falarei aqui é de minha inteira responsabilidade. São minhas crenças pessoais, fruto de meus estudos e reflexões, mas que não devem ser levadas como verdades absolutas, porque nem mesmo eu as tenho desta forma. Eu vos convido a refletir comigo, se permitindo o direito de observar pelo menos por alguns momentos, certas questões que serão apresentadas,  por uma visão diferente e talvez contraditória a sua própria visão. Durante todo este mês estaremos debatendo este tema e gostaríamos de convida-lo a deixar seus comentários e reflexões no final do texto clicando em novo comentário e acompanhar as respostas e sugestões dos demais. Não estranhem o fato de que teremos mais perguntas do que respostas, mais reflexões do que formulações prontas, pois as perguntas parecem contribuir mais para o aprendizado do que as afirmações. Quem de nós pode de fato afirmar alguma coisa,